Ame os animais!: Julho 2012

terça-feira, 17 de julho de 2012

Beagle Steak

O que acham de uma carne deliciosa de Beagle?
To de brincadeira, não me matem.
Não, não é para vocês comerem os Beagles. Tudo se passa de um site, um site que fala sobre carne de Beagles, para explicar melhor essa situação essa situação que ta todo mundo me odiando , um homem do ViSta-se criou o site para mostrar para as pessoas que os Beagles ( os cachorros) e os animais que comemos são iguais. A grande questão é: Por que você ama uns e come outros?
Assim como aprendemos nas escolas que as pessoas são todas iguais, os animais também são e merecem o nosso respeito.
Eu admito, como carne de boi e de peixe, bebo leite e como ovos. Mas parei, parei de comer frango, parei de comer aquela lasanha da Parmê, parei de comer porco e peru. Se fosse por mim, seria vegan hoje, mas não sou eu, sou uma criança. Eu dependo da minha mãe e ela, bem, ela não deixa eu parar de comer ovos nem beber leite e seus derivados. Carne? Sim, carne ela deixa eu parar de comer, mas depois da viajem.
Se quiserem ver o site, acessem o link: http://www.beaglesteak.com/
Não existe empresa, não estão vendendo carne de cachorro. Fiquem calmos, novamente passo a pergunta:
Por que você ama uns e come outros?
Queridos, por favor, não me levem a mal. Eu como carne, mas me dedico para parar e sei que vou virar vegetariana em Agosto. Quem não se dedica, visite para se conscientizar. Não quero ser ruim com ninguém.

A melhor palestra que você irá ouvir na sua vida


Olá gente
Hoje vi uma palestra de um homem chamado Gary, Gary Yourofsky. Ele foi preso 13 vezes e banido de 5 países. Por que? Porque ele foi um HUMANO e até hoje luta pelos direitos animais, luta para salvar os animais, luta para conscientizar as pessoas que eles sentem dor, fome, sede e não merecem ser torturados.
Vejam a palestra:
As cenas do final são fortes, não é gente? Eu não consegui ver tudo, pois Terráqueos foi traumatizante para mim, constantemente vejo crueldade animal e fico abatida.
Beijoos

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Sempre te amamos Lennox, fique bem.


Lennox ainda pequeno
Hoje, foi eutanasiado um cão que ganhou a atenção do Mundo, Lennox. O conselho da cidade de Belfast confirmou que o cão foi condenado, por "ser uma raça perigosa para a humanidade". " Humanamente colocado para dormir", disse um comunicado.
O cãozinho conquistou o coração de muitos ativistas no mundo todo, Lennox tinha 7 anos e era uma mistura de Labrador e Bulldog Americano.
Caroline Barnes, a dona do cãozinho, disse que ele nunca mordeu ninguém e nunca foi um risco. Ela embarcou em uma longa disputa legal para ter o cachorro poupado de ser executado, mas infelizmente, a ordem judicial expirou e Lennox, foi eutanasiado.
A Família de Lennox, declarou hoje:
"Gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para agradecer a todos vocês novamente pelas suas mensagens de apoio. Lamentamos dizer no momento presente da cidade de Belfast o conselho parece ter a intenção de matar o nosso menino. Apesar das garantias anteriores; tenho sido negado o oportunidade de dizer adeus ,também fomos informados de que não podemos recolher o corpo e trazer para casa. Fomos informados, porém, que vamos receber as cinzas por correio."

É triste saber que os cachorros estão sendo exterminados por seres desumanos, por serem considerados perigosos. 
Em um comunicado foi dito:
" A corte da cidade de Belfast confirmou hoje que o cão Lennox, um tipo de ilegal de pit-bull, foi humanamente colocado para dormir, em conformidade com a Ordem do Tribunal da Comarca, e confirmado pelo Tribunal de Recurso da Irlanda do Norte 
"Embora não exista um regime de isenção a que os cães deste tipo (mestiço pit-bull), isso pode ser admitida como uma alternativa à eutanásia, e como não havia outras medidas que pudessem ser aplicadas neste caso, e que abordam as preocupações relacionadas à segurança pública ."

Na página SALVE LENNOX do Facebook, foi escrito:
Lennox foi assassinado às 7 horas desta manhã, a família não foi autorizada a dizer adeus a ele, a sua família foi proibido a família estar ao lado dele.


Amo você filhote, você para sempre será lembrado por sua bravura, e pelas pessoas incríveis que você trouxe para junto de nós, e para aqueles que você ajudou a unir. 


Você é um menino doce, muito amado, e agora corre livre, nós vamos nos encontrar novamente algum dia, você sempre estará vivo nos corações de muitos que lutaram por você. 


Agora dou minha opinião.
Essa leizinha de exterminar os cachorros considerados perigosos, é uma porcaria. AGORA EXTERMINEM OS ESTUPRADORES, OS POLÍTICOS CORRUPTOS E OS FALSOS RELIGIOSOS. OS CACHORROS MERECEM RESPEITO, ADMIRAÇÃO E CARINHO.
Que droga. ¬¬
LUTO LENNOX
Créditos: http://muralanimal.blogspot.com
Beijoos

terça-feira, 10 de julho de 2012

O diário de um cão

Oi patinhas. :(
Acabei de ler uma história muito triste, chamada " O diário de um cão". Leiam:


1ª semana
Hoje faz uma semana que nasci. Que alegria ter chegado a esse mundo!!!

1 mês
Minha mamãe cuida muito bem de mim. É uma mãe exemplar.

2 meses
Hoje me separaram de mamãe. Ela estava muito inquieta e com seus olhos me disse adeus como esperando que minha nova "família humana" cuidasse bem de mim, como ela havia feito.

4 meses
Cresci muito rápido, tudo chama a minha atenção. Há várias crianças na casa que são como meus "irmãozinhos". Somos muito levados, eles me jogam uma bola e eu os mordo jogando.

5 meses
Hoje me castigaram, minha dona se zangou porque fiz "pipi" dentro da casa...mas nunca me disseram onde eu deveria fazer. E como eu durmo lá dentro eu não me agüentei!!!

6 meses
Sou um cão feliz. Tenho o calor de um lar, sinto-me seguro e protegido...Creio que minha família humana me ama muito. Quando estão comendo me convidam, o pátio é somente para mim e eu estou sempre cavando, como os meus antepassados lobos, quando escondiam a comida. Nunca me educam, seguramente porque nada faço de errado.

12 meses
Hoje completei um ano. Sou um cão adulto e meus donos dizem que cresci mais do que eles esperavam. Que orgulhosos devem estar de mim!!!

13 meses
Como me senti mal hoje. Meu "irmãozinho" tirou a minha bola. Como nunca pego seus brinquedos fui atrás dele e o mordi. Mas como meus dentes estão muito fortes, machuquei-o sem querer. Depois do susto me prenderam e quase não posso me mover para tomar um pouco de sol. Dizem que sou ingrato e que vão me deixar em observação (certamente não me vacinaram). Não entendo nada do que está acontecendo.

15 meses
Tudo mudou. Vivo preso no pátio, numa corrente. Me sinto muito só. Minha família já não me quer. Às vezes esquecem que tenho fome e sede e quando chove não tenho teto que me cubra.

16 meses
Hoje me tiraram da corrente. Pensei que tinham me perdoado e fiquei tão contente que dava saltos de alegria e meu rabo balançava. Parece que vou passear com eles. Subimos no carro e andamos um grande trecho quando pararam. Abriram a porta e eu desci correndo, feliz, crendo que era dia de passeio no campo. Não entendo porque fecharam a porta e se foram. "Esperem"!!! - lati..."esqueceram de mim...!!!". Corri atrás do carro com todas as minhas forças. Minha angústia aumentou ao perceber que o carro se afastava e eles não paravam. Tinham me abandonado.

17 meses
Procurei, em vão, achar o caminho de volta à casa. Sentei-me no caminho, estou perdido e algumas pessoas de bom coração que me olham com tristeza e me dão algo de comer. Eu agradeço com um olhar do fundo de minha alma. Quisera que me adotassem, eu seria leal como ninguém. Porém eles apenas dizem: "- pobre cãozinho, deve estar perdido".

18 meses
Outro dia passei por uma escola e vi muitas crianças e jovens como meus "irmãozinhos". Cheguei perto e um grupo deles, dando risadas, atirou-me uma chuva de pedras "para ver quem tinha melhor pontaria". Uma dessas pedras atingiu um dos meus olhos e desde então não enxergo com ele.

19 meses
Parece mentira mas quando eu estava mais bonito as pessoas se compadeciam mais comigo. Agora que estou muito fraco, com um aspecto bem mudado pois perdi meu olho, as pessoas me tratam a pontapés quando pretendo deitar-me à sombra.

20 meses
Quase não posso me mover. Hoje, ao atravessar a rua por onde passam os carros, um deles me atropelou. Pelo que sei, estava num lugar seguro chamado "sarjeta", mas nunca vou me esquecer do olhar de satisfação do motorista. Antes tivesse me matado, porém só me deslocou a cadeira. A dor é terrível, minhas patas traseiras não me respondem e com dificuldade me arrastei até uma moita fora da estrada. Já fazem 10 dias que estou em baixo de sol, chuva e frio, sem comer. Não posso me mover, a dor é insuportável. Sinto-me muito mal, estou num lugar úmido e parece que meu pêlo está caindo. Algumas pessoas passam e não me vêem. Outras dizem: "- não se aproxime". Já estou quase inconsciente, porém uma força estranha me fez abrir os olhos. A doçura de sua voz me fez reagir. "Pobre cãozinho, veja como te deixaram"- dizia. Junto a ela estava um senhor de roupa branca que começou a tocar-me e disse: "- Sinto muito senhora, mas esse cão já não tem remédio, o melhor é que deixe de sofrer". A gentil dama consentiu, com os olhos cheios de lágrimas. Como pude, mexi o rabo e olhei para ela agradecendo por me ajudar a descansar. Senti somente a picada da injeção e dormi para sempre, pensando em porque nasci, se ninguém me queria.

Eu chorei, só de pensar que essa é a verdadeira realidade de muitos cães. Me fez repensar que, eu poderia ajudar tantos cães. Me sinto culpada, má, ignorante e egoísta, nunca pensei no que um cão pensou quando eu passei na frente dele e o olhei tristemente. Vou fazer mais coisas para ajudar.
Beijoos

Uma história triste

Olá!
Bem, vim mostrar uma história que vi no blog: http://protegemos-animais.blogspot.com.br ( créditos à ele). É muito triste, mas vejam:


Queridos mamãe e papai, eu morri hoje! Vocês se cansaram de mim e me levaram para o abrigo. Eles estavam superlotados e eu não tive tanta sorte!. Estou em um saco plástico preto em um aterro sanitário agora. Algum outro cachorro do abrigo irá usar a minha coleira mal utilizada que você deixou. Minha coleira estava suja e pequena demais, mas uma senhora levou-a antes de me enviarem para a Ponte do Arco-Íris. 


Eu ainda estaria em casa se não tivesse mastigado seu sapato? Eu não sabia o que era, mas era de couro, e estava no chão. Eu estava apenas brincando. Você esqueceu de me comprar brinquedos de cachorro. Eu ainda estaria em casa se tivesse sido domesticado? Esfregar meu nariz no que eu fiz de errado, só me fez sentir vergonha de todos, mas não me fez aprender! Existem livros e professores que ensinam a obediência, e que teriam lhes ensinado como eu poderia aprender a ir para a porta. Eu ainda estaria em casa se não tivesse trazido pulgas para casa? Sem usar um anti-pulgas, eu não podia tirá-las de mim, depois que você me deixou sózinho no galpão por alguns dias. 


Eu ainda estaria em casa se não tivesse latido? Eu só estava dizendo: "Estou com medo, eu estou sozinho, estou aqui, estou aqui! Eu quero ser seu melhor amigo." Será que eu ainda estaria em casa se tivesse feito você feliz? Bater-me não me fez aprender. Eu ainda estaria em casa se você tivesse tido tempo para cuidar de mim, e ensinar-me boas maneiras? Você não prestar atenção em mim após a primeira semana eu até entenderia, mas eu gastei todo o meu tempo esperando por você para me amar! Eu morri hoje! Com amor, Seu Filhote de Cachorro. 


Autor desconhecido.



Triste não? Quase chorei. :(
Eu sei que é só um texto, mas bem que isso sempre acontece na realidade.
Beijoos

terça-feira, 3 de julho de 2012

Enquanto a Globo mata, o SBT incentiva não manter pássaros em gaiolas.


Olá!
Bem, vocês sabem que eu amo carrossel não?
Eu sei que falar disso vai totalmente fora do tema do blog, mas como viram no título " Enquanto a Globo mata, o SBT incentiva não manter pássaros em gaiolas.", quer dizer que a Globo anda matando uns animais ( veja daqui a pouco) o SBT ( em Carrossel) deu a entender que não é " romântico" aprisionar pássaros, eu sinceramente, tenho pássaros mas, não poderia os soltar já que cresceram em cativeiro. Mas também é errados os colocar em gaiolas ( e também tráfico).
Tirei um Print Screen de algumas cenas e coloco o que os personagens falaram:
Carmen havia encontrado o pássaro machucado e o entregou a Helena, assim ela deu para Firmino e ele cuidou dele e o colocou em uma gaiola até que ficasse bom, as crianças deram o nome dele de Alegria. Quando Alegria havia melhorado, Firmino o soltou.


Davi diz:
- Deve ser muito ruim ficar dentro de uma gaiola sem poder voar
Jaime:
- Ah é como se tivéssemos que viver o tempo todo dentro da sala de aula
Marcelina:
- Mas na sala de aula nós temos amigos e na gaiola ele fica sozinho
Helena:
- O importante agora crianças, é que o Alegria vai ser livre novamente
Firmino pega o pássaro
Laura
- Eu acho as gaiolas tão antiromânticas

Helena
- Vamos contar até três e o Firmino solta!
Firmino solta o pássaro
Créditos pelas imagens: http://carrosselbr.blogspot.com.br/
Sim, eu sei que foi meio que nada a ver colocar essas imagens, mas só para vocês verem. Agora, novamente sobre uma Emissora e sobre uma novela, que não incentivou a não aprisionar os animais e sim, matou animais. O nome é Globo e matou em algumas novelas.
Matou um gato e um cachorro, de verdade. Achei um absurdo, sinceramente, eu sempre odiei a Globo.
Para mais informações acesse:
Beijoos