Ame os animais!: Fevereiro 2012

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Holandesa mutila, tortura e mata animais para " exposição" que diz ela que é ARTE.

Olá!
Indignados? Sim, a mesma coisa comigo.
Isso é crime, mutilou, torturou e matou animais inofensivos para mostrar em suas " exposições de arte".
O site em que vi essas matérias, estava divulgando o vídeo e as imagens, mas não sei se vou arriscar.
O caso não é lá tão antigo, foi publicado esse ano, mês passado.
Vou escrever com minhas próprias mãos, sem copiar, mas mesmo assim, vou colocar os devidos créditos.
http://www.anda.jor.br/27/01/2012/holandesa-mata-animais-em-nome-da-arte
Katinka Simonse matou muitos animais, que diz ela, em nome da arte.
31 anos, pura crueldade o sangue. O "espetáculo" de artes foi ao vivo, visto passo a passo pelo público indignado. A frieza foi tanta que ela colocou 100 hamsters em bolas de plástico para correr em volta de uma galeria inteira, ela ameaçou triturar pintinhos, pinta números em caramujos, trucida e esquarteja inofensivos cães, mata pintinhos e os coloca em ganchos. Essa é a pior crueldade que eu já vi, estou chocada com a frieza dessa "mulher" a respeito dos animais.
Disponibilizo alguns vídeos e imagens, http://www.dumpert.nl/mediabase/39688/35e35805/de_wereld_draait_dooj.html
O vídeo está em holandes, quando ela falou da maneira que matou o gato me impressionei, a bolsa é um exemplo dos horrores que ela cometia.
http://www.youtube.com/watch?v=ugS6TQYUb2Q
Horrível, ela não liga para os animais, é uma verdadeira assassina.
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=uiNlfJwHhy0
Sou muito ligada a pássaros, na verdade a todos os animais, o vídeo é bem de perto, foram cenas chocantes.
http://www.piaberrend.org/animals-killed-used-in-the-name-of-art/
É muito forte, tudo, menos o primeiro link. Mas se tiverem vontade, vão ao último link e fassam de tudo para divulgar essa desgraçada. Que pelo menos, na holanda justiça foi feita e ela está presa.
Desculpem-me mas agora vou copiar e creditar, pois não tenho mais forças para escrever e sim, para lutar...

Digno de atenção (e repulsa) foi o fato de Simonse, não querendo pagar para que fosse eutanasiado humanamente por um veterinário o gato doente que ela tutelava, decidiu fazê-lo com suas próprias mãos e ela mesma matou o gato, quebrando-lhe o pescoço. Retirou a pele do gato e fez uma bolsa. Em entrevista ao programa de TV holandês De Wereld Draait Door (The Turning World), Simonse mostra claramente que não tem nenhum remorso pelas suas ações com relação ao gato e demonstra abertamente ao entrevistador de que forma quebrou o seu pescoço. Ela ri muito durante a entrevista. O vídeo pode ser visto aqui. Está em Holandês. Simonse argumenta que o gato estava deprimido e que matá-lo foi simplesmente uma forma de lhe proporcionar uma “morte misericordiosa”. O nome do gato era Pinkeltjie e tinha apenas três anos de idade.
O Partido político holandês que defende os direitos animais, chamado Partij Voor de Dieren (Partido pelos Animais), declarou que Simonse é perturbada, obsessiva e tem usado essa forma pervertida de arte como meio de chamar a atenção de modo sensacionalista. Também foi dito pelo Partido que isso é um claro exemplo de que as leis de proteção animal na Holanda são de curto alcance, de modo que solicitaram ao Parlamento que aprove leis mais rígidas e penas mais pesadas para serem aplicadas àqueles que infringirem as leis.

Na foto, uma das obras cruéis de Katinka Simonse (Foto: Reprodução/Piaberrend.org)
Mensagens de ódio enviadas para Simonse foram publicadas em um livro chamado “Querida Tinkebell”. O livro é um projeto em parceria com a artista Coralie Vogelaar, que coletou todos os dados. Publicado em 2009, o trabalho em si é controverso. Vogelaar, que pesquisou as origens das correspondências e e-mails, incluiu as mensagens que Simonse recebeu como também informações pessoais (fotos, blogs, endereços) daqueles que enviaram as mensagens. Toda esta informação foi extraída da Internet. A maioria das mensagens (aproximadamente 80%) veio da América; outros países incluem Holanda, Bélgica, França, Espanha, Rússia, Reino Unido e Brasil.
Duas petições estão em andamento para tentar trazer Simonse à Justiça e ambas são dirigidas ao governo holandês. Talvez Simonse seja levada sob custódia e receba o tratamento de que necessita claramente.
Assine as petições:
Clique aqui para assinar a petição criada pela ONG Charge.org pedindo justiça contra a pseudo artista.
Clique aqui para assinar a petição pedindo pena de prisão para a pseudo artista por crime de abuso aos animais.

Quanta crueldade...
Por favor assinem as petições
Peço mesmo, assinem para a justiça ser feita com mais rigidade.
Amo  os animais e sei que também amam.
Eu quero com todas as palavra que postem em seus blogs, mesmo não sendo de animais, qualquer blog, de Monster High, Winx, qualquer blog!
Vou postar no meu.
Beijoos


sábado, 4 de fevereiro de 2012